A maior paixão nacional é o enredo de estreia da Acadêmicos do Noroeste

Mais uma estreante na LIESV em 2020, a Acadêmicos do Noroeste descontrai e traz a origem do futebol no Brasil para a passarela João Jorge Trinta, buscando a ascenção ao grupo Especial.

Vejam nosso “Bate bola” com o presidente da escola Pedro Penido:

1- Porquê a escola escolheu esse enredo?

Nós da Noroeste somos aficcionados por futebol, e achamos que é um enredo com conteúdo vasto pra colocar na avenida. Vamos contar sobre os 8 paises campeões do mundo.

2- Como será desenvolvido na passarela João Jorge 30? (Ficha técnica, alas, alegorias,
casais e afins)

A escola vai vir em 5 setores, com 5 alegorias abrindo cada um desses setores, em um total de 25 alas e 2 casais de mestre sala e porta bandeira.

3 – Qual a motivação da escola em busca do título?

A princípio vamos em busca de consolidação, é um ano pra aprendizado, vamos fazer nossa estréia. A gente entende que o enredo que foi escolhido nos da a capacidade de sonhar com o acesso, respeitando todas as co-irmãs e apesar de estreante, vamos buscar apresentar um carnaval de grande qualidade.

4- O que os espectadores podem esperar da escola em 2020?

Um enredo coeso, bem elaborado e ao mesmo tempo leve. Vamos passar pela passarela brincando, mas querendo surpreender público e o corpo julgador.

5- Como será feita a escolha do samba?

O samba tá sendo desenvolvido pelo Alexandre Bonifácio, juntamente comigo e o Daniel Tanaka.

6- Considerações finais

Agradeço em nome da nossa agremiação todo suporte que estamos tendo da Liga, estou particularmente bastante e acredito que os demais envolvidos nesse projeto comungam do mesmo sentimento. Vamos em busca de consolidar nosso nome junto a liga e o público.

Em 2020 a Acadêmicos da Noroeste apresenta o enredo:

“O sonho da favela: Da Várzea pro mundo, viva o Planeta bola.”

Introdução: Vamos apresentar o futebol no Brasil, os 5 títulos mundiais, vamos fazer alusão ao Hexa, aos grandes craques e esquadrões, falaremos como o esporte é um motor na luta contra a desigualdade social no Brasil. Passaremos pelas outras 7 potências campeãs do mundo, abordando seus títulos, e um pouco da cultura local de cada país (Argentina, Uruguai, Alemanha, Itália, França, Espanha e Inglaterra).

•SETOR 1

Iniciamos nosso desfile trazendo os 5 títulos mundiais, os principais craques de cada conquista. Vamos mostrar acontecimentos culturais no país no tempo relativo a cada um dos 5 títulos (98,62,70,94,2002).

SETOR 2

Apresentamos os 2 países com mais títulos após o Brasil (Alemanha e Itália) ambas, tetra campeãs (Alemanha: 54,74,90,2014, Itália: 34,38,82,2006). Vamos mostrar um pouco da cultura de cada país, passando pela Bavária Alemã, com seus costumes camponeses, sua tradição e festas cervejeiras. Da Itália trazemos a culinária, a moda de Milão, e a icônica arquitetura.

SETOR 3

Apresentamos França e Inglaterra, seus campeonatos (França: 98 e 2018, Inglaterra: 66), a histórica rivalidade entre as duas nações, como a guerra dos 100 anos. Traremos da França, Paris, a cidade Luz, a arquitetura diversificada como a Catedral de Notre Dame e o Museu do Louvre, fora é claro a Torre Eiffel. Da Inglaterra, o cartão postal relógio do Big Bang, além da música, das grandes bandas de rock, e as icônicas personalidades, como a família real.

SETOR 4

Vamos abordar os paises hispânicos: Espanha, Argentina e Uruguai, seus campeonatos (Espanha: 2010, Argentina: 78/86 Uruguai: 30/50). Vamos abordar a colonização Espanhola nos dois países, sua influência. Falaremos do Tango (a polêmica de sua origem; surgiu no Uruguai ou na Argentina). Mostraremos as polêmicas touradas espanholas.

SETOR 5

Por fim, voltaremis ao Brasil, trazendo a desigualdade social que nos aflinge e como o futebol é muitas vezes a única escalada social de uma família pra fugir da miséria.

ENREDO DESENVOLVIDO POR PEDRO PENIDO

Comentários do Facebook