Série Histórias das Escolas- Talvez Eu Vá

Continuando a série Histórias das Escolas, conheça um pouco mais sobre a Talvez Eu Vá, escola do Grupo de Acesso B da LIESV, nas palavras do presidente Gabriel Nunes.

 

“Por que criou a Talvez Eu Vá?

Criamos a escola pela afinidade com o carnaval, colocar um enredo com o seu nome na avenida, mesmo sendo virtual não tem preço, escolher entre diversos bons sambas é uma sensação única.

Por que escolheu esse nome?

Um amigo que por sinal gosta muito de samba falava bastante “Talvez eu vá” para responder uma pergunta, acabamos homenageando ele.

Por que escolheu as cores preto e branco?

As cores foram  escolhidas porque os fundadores da escola Iuri Santos e Gabriel Nunes torcem para o Vasco é Botafogo respectivamente.

Por que escolheu esse símbolo?

O símbolo é um surdo que é a marcação, o coração da escola a pulsão maior

A coroa é o símbolo mais importante da realeza. Que significa poder, autoridade, liderança, legitimidade, imortalidade e humildade e a estrela que tem luz própria.”

Comentários do Facebook