Com sangue novo, Imperatriz Ludovicense abordará a preservação no Carnaval 2020

A Imperatriz Ludovicense lança oficialmente o seu enredo para 2020. Após o vice-campeonato, a escola abordará a sustentabilidade e a preservação ambiental. Confira as palavras de um dos carnavalescos, Henrique Santos:

1- Por que a escola escolheu esse enredo?

H: Por motivos de ser um assunto necessário pelo o atual momento do Brasil, que mesmo diante a tantos problemas esse é mais um que não podemos fechar os olhos.

2- Como será desenvolvido na passarela João Jorge 30?

H: Não gosto muito de revelar detalhes. Mas a ideia é que tenhamos as alas bem elaboradas, alegorias lindas e bem definidas. Além de estar sendo avaliado possíveis surpresas no desfile.

3- Qual a motivação da escola pra buscar o título?

H: Grande. Acreditamos muito no que vem sendo preparado.

4- Como será feita a escolha do Samba?

H: A escolha será com base no projeto. A ideia é não fugir do que esta proposto.

5- O que os espectadores podem esperar da Imperatriz Ludovicense em 2020?

H: Um lindo desfile. Onde trazemos acima de tudo o descontentamento com tal situação e ao mesmo tempo o amor pela nossa natureza.

6- Considerações finais

H: Que tenhamos o apoio de todos que gostam da Imperatriz e juntos possamos realizar um belo trabalho, pra que no final venha o título.

Sinopse do Enredo:

Entre a beleza e o caos. Bonito por natureza.

Brasil, um país tropical, onde vivemos entre a beleza e o caos. Bonito por natureza, país do futebol, samba e carnaval. Belas praias vítimas de poluição, culpa do descaso do governo e também da falta de consciência e educação. É necessário também a ajuda da população. Nossa Floresta Amazônica “esculachada”, refém do descaso daqueles governantes que são uns verdadeiros lobos em pele de cordeiro. Brasil, um país que tem a sua natureza admirada por milhares de turistas que quando veem de perto se encantam mais ainda… Se eles tivessem a noção do pouco que é valorizada e do que é feito aqui, se assustariam. Eis a pergunta: o que adianta ser bonito por natureza e não ser devidamente cuidado?
Com um fusca e um violão o bom brasileiro consegue curtir, admirar e se divertir. Mas quando se lembra de tudo isso é difícil de se ver um sorrir. Não começou hoje esses problemas, já vem de um bom tempo em que vivemos este dilema. Vivemos de promessas. Se promessa desse jeito o nosso país seria perfeito. Surge a frase “quem ama cuida”… frase linda que muitos usam, principalmente políticos em suas campanhas eleitorais. Na teoria é fácil, e na prática?
Bobo é quem acredita. A Imperatriz Ludovicense faz com que você reflita. Vivemos em um país onde o desmatamento é um problema global, assim como a poluição.
É hora do povo acordar, preservar e lutar pelo que o que temos!

REGRAS DO CONCURSO DE SAMBA-ENREDO

– O compositor pode enviar quantos sambas quiser, seja solo ou com parceria;

– A gravação pode ser à capella (só com voz) ou com bateria de fundo;

– Os sambas devem ser enviados em mp3 ou wma para marcelolvferreira@gmail.com

Qualquer dúvida, entrar em contato com o presidente Marcelo Ferreira , Diretor Leandro Kfe carnavalescos Henrique e Badu.

– A escola recebe sambas até às 23h59min do dia 19 de Janeiro de 2019.

Comentários do Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *