Apostando em Fernando Pinto, a Floripa busca uma ótima estreia no Especial

“Estamos buscando a essência dos carnavais de Fernando Pinto”
 
O pavão de Florianópolis estreará no grupo especial com o enredo “Beijim Beijim, Voltei Brasil: Alô, Alô, é Fernando Pinto! Tem fruta, fauna, flora e índio”, assinado pelos carnavalescos Fernando Constâncio e Maurício Ferreira. A escola busca fazer uma bela estreia, permanecendo no Grupo Especial. Confira a entrevista com um dos carnavalesco da agremiação, Fernando Constâncio. A entrevista é de Christian Fonseca, que é também presidente da agremiação.

 

Qual é o projeto da escola de samba para o carnaval de 2017?

O projeto da Floripa do Samba é se manter no grupo especial com uma boa colocação. Para isso buscamos investir num enredo homenagem, trazendo de volta os grandes carnavais de Fernando Pinto e toda sua representatividade no cenário cultural e carnavalesco.

 

O que levou a escola de samba aceitar esse projeto?

Depois de longas conversas e estudos referentes ao enredo proposto chegamos à conclusão deste ser de extrema importância para o carnaval e para a cultura. Acreditamos ser essencial buscar exaltar figuras importantes para o cenário cultural e carnavalesco no Brasil, e a partir destas figuras passar conhecimento para todos que acompanharem o desfile.

 

Quais eram as ideias inicias de enredo para o carnaval 2017?

Max Lopes entre o Presidente (à esquerda) e o Carnavalesco da agremiação

Inicialmente várias propostas de enredos foram estudadas e avaliadas pelos membros da Floripa do Samba. Não posso revelar quais eram estas propostas pois podemos usá-las num futuro próximo (risos), mas todas seguiam a linha característica de enredos apresentados pela escola nos últimos anos.

 

Qual foi a inspiração e o processo de desenvolvimento do enredo para o carnaval de 2017?

Para desenvolver o enredo “Beijim Beijim, Voltei Brasil: Alô, Alô, é Fernando Pinto! Tem fruta, fauna, flora e índio” buscamos unir aquilo que sempre marcou e ou marca Fernando Pinto, fizemos um apanhado de algumas características do mesmo e a partir de então surgiu o titulo do enredo, unido a muita brasilidade. Vamos trazer para a avenida grandes carnavais do nosso homenageado, dando enfoque para ‘’Ziriguidim 2001’’, sendo o mesmo responsável por trazer Fernando Pinto de volta a passarela para nos contar sua história. A partir deste ato, Fernando nos mostra sua herança cultural e as manifestações folclóricas do estado de Pernambuco, onde nasceu, que serviram de base para sua formação no carnaval, daí então vamos passear por todos os carnavais de Fernando Pinto (incluindo os de colocações não muito boas) e terminaremos o desfile com uma coroação num céu totalmente tropicalista, cheios de flores e frutos e índios.

 

Quais estão sendo as dificuldades e adversidades que a escola de samba está passando?

Acredito que a maior ‘’dificuldade’’ seja na questão de aliar a vida pessoal (rotina, trabalho, faculdade) com o carnaval virtual, visto que as vezes não nos sobra muito tempo e temos que correr atrás pra colocar um desfile bacana na passarela virtual. Mas mesmo diante a tais contratempos estamos dentro do prazo estabelecido pela diretoria.

 

O que podemos esperar da escola de samba para o carnaval 2017?

Uma Floripa do Samba compacta, de raiz e pautada na essência dos carnavais de Fernando Pinto. Estamos trabalhando para corrigir os erros do ultimo carnaval da escola e não voltar a cometê-los.

 

Pode nos adiantar alguma parte do desenho?

Segue abaixo um pedaço de uma de nossas alas par o desfile deste ano ainda na fase de produção. Trata-se da ala alusiva ao desfile da Mocidade de 1984, ano da inauguração do sambódromo, onde Fernando Pinto levou para a passarela a história da Muamba desde o descobrimento do Brasil até a Zona Franca de Manaus. O desfile foi marcado por muitas frutas e pelo luxo das fantasias, representando principalmente a chegada da prataria no Brasil.

Vocês abrem a noite de sexta-feira. Vocês estão sentindo a pressão? Vão conseguir se manter no grupo especial?

Acredito não haver pressão, pelo menos não me sinto pressionado. O objetivo da escola é, obviamente, se manter no grupo especial e estamos trabalhando para isso, assim como todas as outras escolas. Vamos buscar apresentar um bom desfile, sempre superando os próprios carnavais da Floripa, buscando assim um crescimento, tanto da escola como das pessoas que as compõe.

 

A Floripa do Samba é a primeira escola a desfilar no Grupo Especial, na sexta-feira dia 25/08Confira aqui a sinopse da agremiação.

Para conhecer a LIESV acesse o nosso site clicando aqui. Curta a nossa FanPage no Facebook e faça parte do nosso grupo também no Facebook.




Comentários do Facebook