“A lua é testemunha” da Patriarcas! Confira a sinopse e componha para a escola.

Há um astro iluminado, brilhando no céu, perto da gente… É a Lua, que refletindo a luz do Sol, atenua a escuridão da noite. E mesmo que a gente não a veja sempre, seja pelas fases que ela tem, seja pelas nuvens que flutuando encobrem sua imagem, ela está a muito, muito tempo lá em cima. Ela é testemunha de fatos e lendas, ela desperta nossa curiosidade, influencia nas nossas profissões, presencia e inspira criações de artistas e nos faz companhia enquanto os raios de luz não invadem nossa manhã. Em sua estreia na LIESV, a GRCESV Patriarcas orgulhosamente apresenta o enredo “A Lua é testemunha”.

Confira a sinopse do enredo e as regras do concurso de samba abaixo:

Enredo 2018: “A lua é testemunha”

Sinopse:

Há um astro iluminado, brilhando no céu, perto da gente… É a Lua, que refletindo a luz do Sol, atenua a escuridão da noite. E mesmo que a gente não a veja sempre, seja pelas fases que ela tem, seja pelas nuvens que flutuando encobrem sua imagem, ela está há muito, muito tempo lá em cima. Ela é testemunha de fatos e lendas, ela desperta nossa curiosidade e nos faz companhia enquanto os raios de luz não invadem nossa manhã.

Nas noites em que está cheia, ela influencia o homem a virar lobo, uivando em sua direção, lobisomem para a maioria, capelobo para os indígenas.

Ela também testemunha o boto, que à meia noite se transforma em um homem elegante que seduz donzelas nas festas Amazônia adentro.

É a luz dela que faz brilhar o corpo da boiúna, enganando os pescadores, que se aproximam da cobra-grande pensando ser outro barco e acabam devorados.

Foi o seu reflexo que fez uma jovem índia apaixonada lançar-se no fundo do rio. E contam os índios, que a Lua compadecida imortalizou a moça em uma planta aquática, a vitória régia.
Sendo o satélite natural da Terra, sua força gravitacional influencia o bailado das marés, e lá do alto ela testemunha os pescadores lançando suas jangadas ao mar.

Ela presencia o ascender do lampião, e ilumina os agricultores nas primeiras horas de lida. Quando muda de fase, influencia também o desenvolvimento das plantações.

Ajudando a clarear as ruas, becos e vielas, acompanha homens e mulheres, que banhados em sua luz oferecem seus corpos em busca de sustento.

Mo passado diziam que era ela a responsável pelos problemas mentais das pessoas, dando origem ao adjetivo lunático.

A Terra gira, o tempo passa e a ciência avança. E ela virou interesse de pesquisa, com astronautas querendo pisar em seu solo e conhecer de perto esse astro fascinante.

E se por um lado há quem queira descobrir os materiais que estão em seu solo, por outro há quem queira descobrir a influência de sua posição na vida das pessoas, através de um mapa astral.
Sua beleza encanta e serve de fonte de inspiração para casais enamorados, inspiração essa tão bem retratada por Catulo da Paixão Cearense e Pedro Alcântara na canção “Ontem ao Luar”.
Dizem também que foi banhado por sua luz que Van Gogh, no hospício, pintou o quadro “Noite Estrelada”.

E foi o luar batendo na relva que lembrou Alberto Caireiro (Fernando Pessoa) de Nossa Senhora vestida de mendiga, andando à noite nas estradas para socorrer crianças maltratadas.
A Lua também testemunhou o glamour das noites dos cassinos e viu Joaquim Rolla, ganhar no jogo o mais famoso cassino do país, o Cassino da Urca.

E se tem bandeirolas, fogueiras e quadrilhas, lá está ela completando a paisagem das festas juninas.
Testemunha de muita coisa, presenciou, em posição privilegiada, Kizomba, Peguei um Ita no Norte e tantos outros desfiles memoráveis.

E também hoje é ela a testemunha do nosso desfile, banhando nossa escola de luar.

Autor: Beto Limberger

Regras para o Concurso de Samba de Enredo da Patriarcas:

Queremos um samba claro e objetivo…. alegre e irreverente.

No mais pode usar a criatividade

Áudio cantado ou capela com 2 passadas

Recebemos o samba até às 23:59 hrs do dia 27/03/2018

Para conhecer a LIESV acesse o nosso site clicando aqui. Curta a nossa FanPage no Facebook e faça parte do nosso grupo também no Facebook. Entre no nosso Chat do WhatsApp.




Comentários do Facebook